2 de abr de 2010

Trancoso: bem longe do ponto de eclosão total!

Carnaval. Sol. Praia. Bahia.

Será que tudo isso precisa estar sempre acompanhado de uma trilha sonora monossilábica e uma multidão insandecida, pulando como pipoca? Será que não é mesmo possível combinar o nosso maior feriado com momentos de puro descanso e silêncio em nosso mais famoso litoral?

Sorria, meu rei! Se você procura sossego em pleno carnaval, o seu lugar também é na Bahia!

Há apenas 20 quilômetros de Porto Seguro, um dos destinos mais agitados do carnaval baiano, a vila de Trancoso é um verdadeiro paraíso para quem quer distância do tradicional agito do carnaval baiano. Com belíssimas praias, hotéis e pousadas para todos os tipos de bolso, excelentes restaurantes e charmosas barracas de praia para servir ao turista, Trancoso tem tudo o que a Bahia tem; menos a trilha sonora.

Durante o dia, nas praias, o máximo que se ouve é a musica eletrônica que toca em uma ou outra barraca. Culpa dos paulistas que lotam a vila nessa época, mas se negam a abandonar todo o seu modo peculiar de vida. À noite, a música se rende à paz e tranqüilidade do Quadrado – o centro histórico da Vila – e se refugia nas casas noturnas. E, então, o que se vê bem ali, no meio do que seria o “agito” de Trancoso, é o incomum agito de Trancoso: céu (quase sempre) estrelado, amendoeiras iluminadas por velas, a igrejinha de São João Batista brilhando bem ao fundo, mesas ao ar livre cheias de gente em busca de uma boa comida e, porque não?, algum chamego carnavalesco.

Trancoso foi o destino que escolhi para passar o carnaval desse ano. E é sobre ela que pretendo falar em mais alguns posts deste blog.

Aguardem.

4 comentários:

  1. PARABÉNS PELO TEXTO!!!
    NOS DEIXA IMAGINANDO COMO SERIA O LOCAL E INSTIGA A CONHECE-LO.
    zeh

    ResponderExcluir
  2. Eita saudade... lugar único de rara beleza!
    Quem não foi ainda não conhece o Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Paraíso ! Coisa mais linda!
    Amamos Trancoso também!
    Abração,
    Aninha

    ResponderExcluir
  4. Me transportei pra lá...
    Ainda não conheço, mas pelo jeito, é tudo que preciso para "recarregar as energias" rsrsrs
    Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir